Publicidade

PGS licencia 3Ds no Espírito Santos e Potiguar

A PGS Offshore inicou o licenciamento de duas campanhas para aquisição de dados sísmicos 3D nas bacias do Espírito Santo e Potiguar. A previsão da empresa é iniciar a aquisição de dados no Rio Grande do Norte em outubro e no Espírito Santos, em janeiro do próximo ano. A campanha capixaba tem previsão de durar 330 dias e a potiguar, 180 dias.

A campanha na Bacia Potiguar vai cobrir a área onde Petrobras, Shell e Wintershall arremataram blocos exploratórios na 15a rodada, realizada mês passado.O polígono da atividade possui 11.603,00 km2 de área e está localizado a 43 km de distância mínima da costa do Rio Grande do Norte, em águas com profundidade superior a 500 metros. As linhas sísmicas e suas manobras serão executadas na direção leste/oeste (E/W). A empresa vai utilizar os portos de Fortaleza, Pecem e Natal para apoio logístico da campanha.

No Espírito Santo, a campanha 3D vai cobrir a área onde estão os blocos exploratorios arrematados por Petrobras e Statoil na 11a rodada da ANP, realizda em 2013. O polígono da atividade possui 28.691,00 km2 de área e está localizado a 51 km de distância mínima da costa do Estado do Espírito Santo, em águas com profundidade superior a 1000 metros. Os portos de Vitória, CPVV-Vila Velha e Rio de Janeiro serão utilizados para logística.

+ PGS fará sísmica da Queiroz Galvão em Sergipe

+ 13 campanhas para aquisição de dados sísmicos em licenciamento




Editor-Chefe da Agência E&P Brasil

Comentários no Facebook