Publicidade

Petróleo fecha em alta com alerta de ministro do Iraque contra aumento de produção

Investing.com – Os preços do petróleo tipo WTI fecharam em alta nesta segunda-feira, com o ministro do Petróleo do Iraque se posicionando contra a flexibilização das cotas de produção, o que compensou o movimento pessimista após relatório mostrar um aumento na produção russa e saudita.

+ Repetro: senadora quer suspender regime por 12 meses
+ Cessão onerosa em pauta na Fazenda e MME
+ Quem vendeu mais áreas de petróleo e gás: FHC, Lula, Dilma ou Temer?

Na Bolsa Mercantil de Nova York, o contrato futuro do WTI para entrega em julho subiu US$ 0,36, para US$ 66,10 por barril, enquanto na Bolsa Intercontinental de Londres, o Brent valorizou US$ 0,02 para encerrar o dia negociado a US$ 76,48.

O ministro do Petróleo do Iraque, Jabar al-Luaibi, alertou os produtores na segunda-feira que não ampliassem o bombeamento de petróleo, alegando que os preços da commodity ainda precisam de apoio.

Isso ajudou os preços do petróleo a se recuperarem do terreno negativo visto no início da sessão, após relatório mostrar que a Rússia e a Arábia Saudita aumentaram a produção.

A produção de petróleo russa teria aumentado 150.000 barris por dia na primeira semana de junho, para 11,1 milhões de barris por dia. Isso estava acima da cota do país dentro do acordo de produção liderado pela Opep e o país.

O corte de produção de 1,8 milhão de barris por dia foi acertado em novembro de 2016 e incluiu os membros da OPEP e grandes exportadores como a Rússia, com o objetivo de reduzir a sobreoferta global e o alto nível de estoques da commodity.

Na próxima reunião do cartel, prevista para 22 de junho, espera-se que o acordo seja revisto.

A Arábia Saudita, por sua vez, aumentou a produção em mais de 100 mil barris por dia nas últimas semanas, informou o WSJ na sexta-feira. Isso significa que a produção saudita subiu para cerca de 10 milhões de barris por dia.

Relatos de aumento da produção russa e saudita emergem em meio a sinais de contínuo crescimento na produção dos EUA, o que alimenta os temores de uma desaceleração no reequilíbrio dos mercados de petróleo.

O número de plataformas de petróleo em operação nos EUA aumentou em 1 unidade para 862, seu nível mais alto desde 13 de março de 2015, de acordo com dados da empresa de serviços de energia Baker Hughes.

O início de semana positivo para os preços do petróleo vem apenas alguns dias depois que os dados mostraram que os traders continuaram reduzindo suas apostas em um aumento dos preços do petróleo.

Os dados do CFTC divulgados nesta sexta-feira mostraram que as posições longas líquidas especulativas no petróleo bruto WTI caíram para 352.140, de 370.980 na semana anterior.


Comentários no Facebook