Publicidade

Parente e Alckmin discutem gás natural

O governador Geraldo Alckmin nomeou 1.240 novos policiais civis. Data: 01/10/2017. Foto: Alexandre Carvalho/A2img
O governador Geraldo Alckmin nomeou 1.240 novos policiais civis. Data: 01/10/2017. Foto: Alexandre Carvalho/A2img

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, almoçam nesta sexta-feira (10/11) no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Na pauta do encontro estão investimentos no segmento de gás natural e downstream no estado.

O principal tema do encontro será o mercado de gás natural. O governo de São Paulo pautará a discussão sobre a mudança na precificação da molécula do gás natural, que está sendo proposta pela própria estatal, e também sobre novos investimentos no segmento.

A retomada do projeto de instalação de um centro de pesquisas da Petrobras na Baixada Santista também será pautada por Alckmin. Já existe um terreno reservado para o projeto na cidade. “Era um projeto que estava bem adiantado, mas, com a crise na Petrobras e a quebra no valor do petróleo, deu uma parada. Agora, a expectativa é de crescer”, disse o governado em entrevista ao Estado de São Paulo em julho.

A atração de investimentos para a construção de uma refinaria privada no estado também está nos planos do governo de São Paulo, que pretende conseguir a ajuda da estatal para montar um projeto competitivo que consiga no médio e longo prazo recursos para construir uma planta que desloque a importação de diesel com produção local.

Editor-Chefe da Agência E&P Brasil

Comentários no Facebook