Publicidade

Karoon define modelo de produção na Bacia de Santos

Karoon vai instalar FPSO em águas rasas da Bacia de Santos
Karoon vai instalar FPSO em águas rasas da Bacia de Santos

A direção da Karoon definiu o conceito do projeto de desenvolvimento da produção da descoberta de Echidna, projeto de óleo leve em águas rasas da Bacia de Santos. A empresa agora vai elaborar o FEED do projeto, que contemplará um FPSO afretado e dois poços de produção e um de injeção. A expectativa é que o pico de produção seja de 28 mil barris por dia, sendo 14 mil barris por dia em cada poço.

A decisão final de investimento está prevista para junho de 2018. A empresa espera gastar algo em torno de nove meses para elaborar o FEED, que deve consumir menos de US$ 10 milhões. Durante a realização dos estudos, a petroleira vai ao mercado – com requests for tenders  – para avaliar a contratação do pacote de EPC do projeto.

As descobertas de Echidna e de Kangaroo foram feitas a partir do trabalho exploratório realizado nos blocos S-M-1037, S-M-1101, S-M-1102, S-M-1165 e S-M-1166, arrematados na 9a  rodada da ANP, que aconteceu em 2007. A Karoon está buscando um sócio para o projeto.






Comentários no Facebook

Saiba mais