Publicidade

Ibama libera sísmica da Ecopetrol na Foz do Amazonas

unidade_oc

O Ibama emitiu licença ambiental para a CGG fazer aquisição de dados sísmicos 3D na área do bloco exploratório FZA-M-320, em águas rasas da Bacia da Foz do Amazonas. A área é operada pela Ecopetrol, com 100% de participação, e a licença é válida até 1o de março de 2018, condicionando as atividades ao uso da embarcação Oceanic Champion.

Esta é a nova licença para atividade de aquisição de dados sísmicos emitida pelo Ibama em 2017. A CGG é a empresa que mais conseguiu licenciar projetos até a data de hoje no órgão ambiental. São ao todo três novas licenças para dados nas bacias do Espírito Santo, Santos e Foz do Amazonas, além da retificação de duas licenças para atividades em Santos.

A Spectrum conseguiu neste ano licenciar dois projetos de aquisição dados sísmicos 2D. O primeiro engloba nas bacias de Campos e Santos e o segundo, que está atualmente em andamento, prevê a aquisição de dados na Bacia do Ceará.

Petrobras e Shell licenciaram também atividades exclusivas. A estatal conseguiu licença para um projeto de 4D no campo de Lula, na Bacia de Santos, e para a campanha de aquisição de dados 3D, com nodes, no bloco de Libra, primeira área de partilha da produção no pré-sal da Bacia de Santos, que tem como sócios Shell, Total, CNOOC e CNDC.

A Shell conseguiu licenciar recentemente o projeto de aquisição de dados 4D no campo de Ostra, que faz parte do Parque das Conchas, projeto de produção na área capixaba da Bacia de Campos.

Comentários no Facebook

Saiba mais