Publicidade

CEO da Equinor está no Brasil


O CEO da Equinor (ex-Statoil), Eldar Sætre, está no Brasil e se reúne nesta quinta-feira com o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, no Rio de Janeiro. A Statoil é hoje uma das principais investidoras no offshore brasileiro e operadora da área de Carcará, no bloco exploratório BM-S-8, e na área de Norte de Carcará, ambas no pré-sal da Bacia de Santos. A empresa também é agorasócia da Petrobras no projeto de Roncador, no pós-sal da Bacia de Campos, e está investindo em energia solar fotovoltaica no Brasil e na Argentina.

. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) vai julgar nesta quarta-feira se é correto o cálculo da remuneração acertada em acordo coletivo da Petrobras com os funcionários em 2007 e que é utilizada até hoje. A ação pode gerar prejuízos de mais de R$ 16 bilhões para a petroleira. Fontes da Corte ouvidas pelo Jota indicam que a estatal terá resultado favorável.

. O deputado @JulioLopes_RJ encaminhou ao Ministério do Meio Ambiente requerimento sugerindo a criação de ISO certificável para o gerenciamento ambiental da exploração e produção offshore de óleo e gás em águas tropicais, com vistas ao aperfeiçoamento do processo de licenciamento ambiental no Brasil.

. O deputado Lucas Vergilio (SD/GO) @VergilioLucas77  protocolou requerimento na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados  para realização de Audiência Pública para discutir o valor da cobrança de contribuições adicionais para sanear o déficit de R$ 27,7 bilhões no qual a Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, se encontra.

. Os deputados Marcelo Squassoni (PRB/SP) @squassoniprb  e Simão Sessim (PP/RJ) @simao_sessim querem realizar audiência pública, na Comissão de Minas e Energia, presidida por Squassoni, para debater mecanismos de comercialização direta de etanol hidratado no país. Requerimento foi protocolado ontem.

. O deputado @jairbolsonaro, pré-candidato à presidência da República pelo @OfficialPSL, votou hoje favoravelmente ao PL da cessão onerosa, que libera a @petrobras para vender até 70% das áreas cedidas onerosamente na Bacia de Santos.

. O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por insuficiência de votos, o requerimento de urgência para o PDC 916/18, do deputado JHC (PSB-AL) Houve apenas 213 votos a favor, quando são necessários 257 votos para aprovar o regime de urgência. Outros 98 deputados votaram contra. O PDC 916/18, do deputado JHC (PSB-AL), é um dos projetos tramitando no Congresso Nacional que pretende liberar as usinas produtoras de etanol para vender direto para os postos de combustíveis, sem passar pelas distribuidoras.

. O senador Wellington Fagundes@sen_wellington foi eleito relator da comissão que vai analisar a MP 839/2018, que libera R$ 9,58 bilhões para os ministérios de@Minas_Energia e @DefesaGovBr#GreveDosCaminhoneiros

. O deputado @MiltonMonti foi eleito presidente da Comissão que vai analisar a MP 839/2018, que abre crédito para ministérios de @Minas_Energia@DefesaGovBr de R$ 9,58 bilhões. Os recursos serão usados para financiar o subsídio ao diesel acordado na #GreveDosCaminhoneiros

leilão do volume excedente de barris de petróleo do contrato de cessão onerosa – firmado entre Petrobras e União, em 2010 – deve ocorrer no dia 29 de novembro, segundo informou o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix. Com o agendamento, o governo insere o megaleilão no calendário de rodadas de licitação definido para este ano, o que garante uma arrecadação adicional ao Tesouro.

Apesar de uma divisão entre ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a tendência é de que a Petrobras obtenha uma decisão favorável em uma ação que pode gerar um impacto da ordem de R$ 16 bilhões nos cofres da empresa, segundo fontes da Corte ouvidas pelo JOTA.

Câmara dos Deputados aprovou ontem, por 217 a 57, o texto-base do projeto de lei que autoriza a Petrobras a vender o direito de exploração de até 70% dos campos da cessão onerosa do pré-sal na bacia de Santos. Até o fechamento da edição, três destaques apresentados pela oposição foram rejeitados. Ainda faltava a votação de cinco destaques. Após a conclusão da análise das emendas, a proposta será encaminhada para apreciação no Senado.

Um mês após o início das paralisações dos caminhoneiros, o corte no preço do diesel nas bombas ainda é pouco maior do que um terço do prometido pelo governo em acordo para por fim à paralisação. O Ministério da Justiça promete intensificar as fiscalizações, mas diz que sem colaboração dos Estados não será possível chegar aos R$ 0,46 por litro.

Vinte dias após o fim da greve dos caminhoneiros, que paralisou o mercado de combustíveis do país na segunda metade de maio, impedindo as vendas de cerca de 300 milhões de litros de etanol hidratado, o consumo do biocombustível segue aquém do esperado por analistas e participantes desse mercado.

setor elétrico brasileiro destruiu pelo menos R$ 65 bilhões em valor nos últimos cinco anos. O dado faz parte de levantamento feito pela consultoria alemã Roland Berger, que concluiu que os retornos gerados pelos segmentos de geração, transmissão e distribuição não foram suficientes para pagar pelos investimentos realizados nesse período. Tão importante quanto o número apontado é a constatação feita pelo estudo de que, apesar de boa parte desse valor ser devida a intervenções governamentais e ao modelo regulatório, outra fatia considerável se refere à ineficiência das próprias empresas e que podem ser corrigidas, independentemente da regulação.




Comentários no Facebook